Review ~ Sonic 4: Episode II

Sega tomou chá de Generations, e faz mais um bom jogo do ouriço azul!

  SEGA SUA LINDA, é tudo que tenho a dizer, mas como essas três palavras não conseguem cumprir o propósito deste post, trago-lhes um review estupendidíssimo do lançamento mais recente do nosso pequeno ouriço corredor! Mas antes, tenho que agradecer à Amandchen por este jogo, caso contrário não seria possível eu escrever o review desta maravilha.

  ”O retorno de um antigo vilão” e ”Mudanças na jogabilidade” foram as frases que marcaram o anúncio deste promissor jogo, que, parece ter obtido sucesso entre os fãs, e os críticos mudo afora (Tirando os da IGNnorantes, como sempre), pois este parece ter cumprido as promessas de melhorias em relação ao seu episódio anterior.

  Ao se iniciar o jogo, começa uma nostálgica cutscene, onde Tails, pilotando o Tornado, juntamente com Sonic, que está nas asas do mesmo, voando aos céus de Mobius(Pra quem não sabe, é o nome do planeta do Sonic), aparentando estar dialogando algo do tipo: ”Olha lá Tails, parece que aqueles robôs ridículos estão lá pra incomodar, mais uma vez!”, e somos levados pelo avião até a Zona em questão, Silvanya Castle, e temos uma primeira experiência da nova engine de Sonci 4: Episode II. SIMPLESMENTE MARAVILHOSA, fazendo lembrar o glamour(ui) da era clássica dos games, com um Sonic que corre rápido, e decentemente, junto com um Tails fofíssimo que o acompanha.

  Até que, somos apresentados à inovação que o jogo prometeu: as Tag Actions. Elas são simples de se realizar, é só apertar quadrado, tanto no ar ou no chão, que Tails e Sonic farão um movimento especial diferente, dependendo de onde você estiver. No chão, Sonic e Tails juntam seus Spin Dashs, e saem rodando em uma pirueta só(YAOI-O-METER: OVER NINE THOUSAND), e destruindo tudo que há pela frente. E no ar, Tails auxilia Sonic a Alcançar áreas mais altas com suas suas caudas, enquanto o ouriço segura em suas mãos(Yaoi cof cof), há também uma Tag Action para a água, mas que é extremamente parecida com a do ar, só que para todas as direções, e sem limite de tempo para utilizá-la. Os níveis dessa maravilha estão perfeitos para essa nova experiência de jogo, com lugares onde se é obrigatório o uso das tag actions, o que ficou muito legal, e longos caminhos, repletos de looping, para correr em altas velocidades com o ouriço.

  Existem também os estágios especiais, no maior estilo Sonic 2, onde se conseguem as esmeraldas do caos para se tornar o Super Sonic, uma pena não ter um final secreto quando se obtêm as sete pedras, mas o fato de ser possível jogar com a forma Saiyajin de Sonic já é satisfatório tanto para novos jogadores, quanto antigos fãs.

  Há também um modo multiplayer, tanto local como online, onde é possível escolher jogar com o Tails(É possível jogar com ele como líder apenas no modo multiplayer), e não se assuste, você não perde a vista da raposa ao jogar com seus amigos, a câmera se adapta aos dois jogadores em uma só tela, permitindo que os dois interajam facilmente durante as fases.

  Apesar de ter uma jogabilidade de primeira, o jogo deixa a desejar na parte de história, que foi praticamente toda reutilizada de jogos anteriores do Sonic. Como por exemplo, o Death Egg, que já esteve presente tanto em Sonic 4: episode I como em Sonic 3 & Knuckles. Outro elemento que foi reutilizado, foi o Metal Sonic. Muito legal ele estar lá no jogo também, mas ele não é tão assustador como em Sonic CD(ODIAVA aquela corrida contra ele na Stardust Speedway), já que com o simples ato de se realizar a Tag Action de rolar com o Tails é suficiente para ganhar da cópia metálica de Sonic no Death Egg MKII. Porém, o retorno dele foi divertido, tendo este até mesmo um ”Episódio” Exclusivo. Não é nada demais, são apenas quatro fases de cada Zona de Episode I, onde se é possível jogar com Metal Sonic, e entender o retorno deste no Episode II. Sugiro asistir às Cutscenes no Youtube ao invés de gastar mais 10 dólares para comprar o primeiro episódio da saga.

   Em resumo, é um jogo que recomendo comprar, caso esteja interessado em reviver os tempos de nostalgia da era clássica, mas, caso espere por algo totalmente inovador, é melhor esperar por um Sonic Generations 2.

  A nota geral que dou para esta Masterpiece é 7,5 , pelo fato de ser um game curto e não apresentar muitas inovações, mesmo eu sendo um antigo fã da série. 

 Sonic 4:Episode II é um jogo para todas as idades, recomendado para se jogar com os amigos, e de se dar de presente do dia dos Namorados(Risos).

 Até mais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s