Shonen Xtreme! [18] – Bleach (cap. 499), Naruto (cap. 592) & Assassination Classroom (1º capítulo)

Atrasadíssimo, mas com uma estreia, porque um mangá onde a temática principal é você matar a o seu professor não pode passar batido.

  Essa semana eu me superei e atrasei o Shonen Xtreme porque estava maratonando Fate/Zero a ponto de todos as séries comentadas já estarem com capítulos novos. Assim, os comentados nesse post são, na verdade, os capítulos da semana passada, mas eu vou falar “dessa semana” ao longo dele só por costume mesmo, fiquem avisados. Eu poderia muito bem dizer “Foi bem mais ou menos galera, vamos esperar a próxima”, porém, contudo, todavia achei melhor postar e não podia ignorar o primeiro capítulo da série nova. Agora, vamos ao que interessa (ou não):

#Assassination Classroom 01 – Hora do Assassinato  Odeio alienígenas. Acho a temática super batida e ela nunca me convenceu. Eis então que uma simples estreia na Shonen Jump me faz mudar levemente de ideia, botando justamente um alien no meio da bagaça toda. É claro que estou falando de Assassination Classroom (algo como “Classe de Assassinos”), esse título com mais letras dobradas do que onomatopeia de meia página. O título original é Ansatsu Kyoushitsu e é de autoria de Matsui Yuusei (olha, mais letras dobradas), mas fui mais com a cara do nome em inglês e achei mais fácil de lembrar, por isso ele está no título no lugar do japa.  Como já foi adiantado no título e muito provavelmente vocês já viram nas imagens acima, o mangá conta com uma boa dose de non-sense, mesmo tendo suas “justificativas” (o que não tira a a graça do negócio nem deixa ele mais verosímil). Começamos com o simpático professor chegando na sala e sendo recebido com uma leva de tiros… Quem nunca quis fazer isso? Enquanto desvia das balas em alta velocidade ele, tranquilamente, faz a chamada, e ainda tem a cara de dizer para os alunos responderem em voz alta para ele escutar.  A premissa é a de que o tal professor é um alienígena (que, segundo ele mesmo, nasceu e vivei na Terra) muito, MUITO poderoso, já tendo destruído 70% da lua e dono de inúmeras habilidades, dentre elas a de alcançar facilmente a velocidade de Mach 20. Sendo assim ele poderia facilmente destruir a Terra, porém assim seria muito fácil e então ele optou por fazer outra coisa..  Um acordo com os principais governantes. Ele daria aula para a turma 3-E do colégio Kukugigaoka (que nome, pqp) e durante um ano seus alunos teriam a chance de mata-lo, sem que ele fizesse mal nenhum aos estudantes. O governo teve que aceitar, já que assim teria mais tempo para bolar um plano e também com 30 alunos tentando matar o bendito todo dia, as chances seriam maiores. E por que os alunos se meteriam nessa roubada? Porque àquele que matar o professor será dada a quantia de 10 bilhões de ienes (cerca de 300 milhões de reais em barras de ouro que valem mais do que dinheiro).  E alguém mais atencioso pode perguntar “Se ele não deve fazer mal aos alunos, e aquelas armas todas? Não é perigoso alguém ser acertado por uma bala perdida?” Na verdade, seria, mas as armas estão carregadas com munições que são inofensivas aos humanos, sendo projetadas especificamente para o professor. Ele inclusive demonstra isso atirando no seu próprio tenáculo (que ele regenera logo em seguida).  Já deu pra perceber que o mangá terá muitos elementos de humor, focados, claro, na figura do simpático e perigoso alienígena. Algumas cenas, como a em que ele faz as sobrancelhas do Ministro da Defesa enquanto este tenta acertá-lo ou quando o alien relata que, ao ser atacado por caças, decidiu dar uma polida neles porque pareciam muito sujos, foram simplesmente geniais. Sem contar que é engraçado ver a relação aluno-professor tão normal em meio a essa baderna. Outra característica do sensei é que ele muda de cor/símbolos no rosto de acordo com seu humor (por isso ele está verde na primeira imagem colorida e amarelo nas outras). Seria esse um ponto fraco?  O resto do primeiro capítulo, após as explicações, gira em torno de Nagisa, o protagonista que parece uma garota. Ele acaba servindo como “homem-bomba” no plano de uns valentões que decidem colocar uma granada no pescoço do coitado enquanto ele se aproxima do professor. Tudo planejado porque Nagisa havia percebido que depois do intervalo o alien parecia estar mais calmo e, assim, desprevenido. O plano falha, mas o protagonista fica bem, já que a pólvora tinha sido substituída pela mesma substância das munições. Assim, o professor fica realmente bravo, não por terem tentado mata-lo, mas por terem feito uso de uma estrategia covarde. Então ele diz que não pode fazer mal aos alunos, mas ameaça as famílias dos que bolaram o plano, e elogia Nagisa pela sua coragem.

  Ao final ele recebe um apelido da turma (já que não tem nome) e fim de capítulo. Achei a história muito promissora e, ao meu ver, tem vários caminhos por onde pode se desenvolver. Espero que os autores saibam fazer uso dessa bela premissa e que o mangá se torne um sucesso. O capítulo 2 já está na web (eu não li ainda :/) então corre lá para conferir se manteve o padrão! Só por essa imagem parece que está f*da. Ah, e não pretendo comentar semanalmente o mangá por aqui, esse foi só um “especial de primeiro capítulo” mesmo. Mas se vocês quiserem, posso repensar, rs. As IBAGENS foram retiradas do Shin Sekai Scans, que inclusive lançaram o cap. 1 antes dos gringos (palmas).

____________________________________________________________________

#Bleach 499 – Rescuer in the Dark (Salvador nas Tervas)  Sabem aquela sensação de “Agora é hora da revisão”? Então, isso que senti lendo o capítulo 499 de Bleach. Começamos com a galera da 12ª divisão pedindo para que todos sejam avisados de que o pedido de ajuda foi enviado com sucesso à Kurosaki Ichigo. Nisso um/uma personagem random que prende o cabelo no meio da testa dá uma lacrimejada de felicidade, depositando todas as esperanças no Kurisaki-san. E então vemos uma imagem bem desenhada, rs:  O Kubo quando quer capricha que é uma beleza, hein? O traço está lindo demais,  e se não fosse por Assassination Classroom  essa teria sido a imagem destaque (a primeira) desse Shonen Xtreme. Bom, Inoue e Chad estão no Hueco Mundo com Urahara e esse ordena aos outros dois que procurem por uma medalha no corpo caído do Kirge. Inoue dá sinais de que vai começar um flood em caps lock de “kurosaki-kun”, só que Urahara é mais esperto e frisa a importância de eles analisarem o inimigo naquele momento.   Enquanto isso, Ichigo está de boa indo para a Soul Society e recebendo as informações nada positivas de Akon. Os números são: 2245 soldados mortos, 16 oficiais e 1 tenente que teve a reiatsu apagada. Detalhe que “reiatsu apagada” não é o mesmo que morto, então, estaria Kira ainda vivo? Ichigo percebe essa diferença e pergunta se o tenente em questão foi pro saco ou não. Akon diz que é incerto e, todo trabalhado na sensibilidade, já adianta que o tenente não é nem Abarai Renji nem Kuchiki Rukia. Itsugo dá uma de tsundere que não se importa com isso, mas aposto que ele ficou mais aliviado de saber que os amiguinhos estão bem. Para terminar Akon diz que os inimigos possuem pelo menos 16 integrantes no nível de capitão, os Stern Ritters.  A única coisa que a 12ª divisão sabe sobre os poderes dos quincies é que eles são capazes de roubar bankais, só. Itsugo acha meio impossível aquilo ser verdade, mas ao ouvir que a informação foi confirmada pelos capitães das 2ª, 6ª, 7ª e 10ª divisão a coisa muda de figura e ele fica um tanto quanto surpreso, principalmente depois de lembrar dos capitães em questão.  Nessa hora Urahara se intromete na conversa para dizer o que foi capaz de analisar enquanto Kurosaki lutava com Kirge. Não é por nada não, mas é tuuuudo que já foi comentado ao longos de outros Shonen Xtreme’s, então ficou soando muito como uma “revisão” para ficar bem na cara quais são os poderes do inimigo. Estou com uma preguiça gigantesca de repetir tudo, mas vamos lá.  Segundo Urahara, existem 3 habilidades principais dos quincies que valem ser mencionadas. A primeira é a Quincy Vollständig (com trema que ninguém mais usa), onde o Quincy muda de forma. Essa foi aquela que quando o Kirge usou ganhou asas e ficou parecido com um anjo (tanto que o nome do capítulo em que isso acontece é Toden Engel, ou Anjo da Morte, relembre aqui). A segunda é o tal Blut, sobre a qual inclusive recebi algumas teorias interessantes de um leitor. Esse praticamente serve para que os quincies façam o reishi fluir por suas veias, aumentando drasticamente seu poder de ataque e defesa, porém, ele conta com um grande ponto fraco: eles não podem ser usados ao mesmo tempo. E isso eu falei semana passara.

  Assim, Urahara só consegui acertar um golpe no Kirge porque ele caiu na provocação do Ichigo e transferiu seu Blut de defesa para ataque, abrindo uma brecha. Por fim, a terceira habilidade é a de roubar bankais que nós já conhecemos, onde eles usam um medalhão para isso e por algum motivo ainda inexplicado Ichigo é imune. Urahara tem a teoria de que toda a baderna no Hueco Mundo (e eu incluiria a provocação de Ivan também) foram apenas “iscas” para atrais e prender o Ichigo no Hueco Mundo para que então os Stern Ritter pudessem atacar a Soul Society. Então, no meio da conversa:  Isso mesmo, uma fenda se abre no meio da Garganta e então Ichigo é preso nessa espécie de gaiola. Quem poderia ter cometido tal atrocidade?   Sim, Kirge levantou da sua cova e lançou seu ataque, porque a função dele é essa mesma, prender Kurosaki no Hueco Mundo, Urahara diz que foi descuidado em pesar que ele não poderia se mover com aqueles ferimentos, mas, cá entre nós, QUEM que se levantaria depois de receber um buraco no peito? Só em Bleach mesmo que o pessoal nunca morre. E você pode se perguntar “Cadê a Orihime? Cadê o Chad? Eles não estavam de olho no Kirge?” Bem…  Na boa, troféu inutilidade pra esses dois. A única função dos dois nessa joça toda era procurar o medalhão que sela bankais no corpo caído do Quincy (e, por lógica, ficar vigiando ele) e nem isso eles conseguiram fazer. PIOR! O Chad ainda saiu todo machucado depois de ativas seus DOIS braços. Fullbringer é uma merda mesmo, hein? E o Escudo a Orihime não pensou em usar né? Vou te falar viu, é cada uma… Detalhe que isso ainda é um quadrinho de canto de página, e nem tinha reparado nos dois da primeira vez que li. A técnica que fez Kirge levanter é Ransou Tengai com o Quincy berrando aos quatro cantos que Kurosaki Ichigo QUASE conseguiu salvar a Soul Society termina o capítulo.

  “Você ficará nessa gaiola das trevas, sem conseguir sair, enquanto assiste a Soul Society ser destruída.”

____________________________________________________________________

#Naruto 592 – O Terceiro Poder  Se nessa semana Bleach demorou um pouco mais para ser lido, Naruto passou como um piscar de olhos. Tive a sensação de que nada de realmente útil aconteceu e que o Kishimoto enrolou mais do que deveria, mas, querendo ou não, ele pode se dar esse luxo.

  Tudo começa com Sasuke divagando sobre “O que é um clã? O que é uma vila? O que eu sou?” e quando estava prestes a entrar em crise existencial é surpreendido pela, erm… “Visita” de Juugo e Suigetsu à caverna.  Em outro campo de batalha, Madara diz que como “todos aqueles que viram o Susanoo forma perfeita morreram” seria uma desgraça para ele usa-lo novamente. Não é por nada não, mas isso me parece mais uma desculpa do Kishimoto para o Madara não usar o Susanoo apelão e, assim, não dar fim aos kages logo de uma vez. Isso que dá criar um personagem forte demais. O fato é que Madara está achanto tudo aquilo um saco e acha melhor ir pegar a Kyuubi. Nisso o velho Oonoki se lembra da promessa que fez ao Naruto de que cuidaria do Madara e diz que o Uchiha não sairá dali. Nesse momento Madara sintetizou todos os meus pensamentos em uma única fala:  Ok, não é a fala original, mas vocês relevam, não? E como ficou bem desenhado o Madara nesse quadro, hein? Com um traço limpo, não lembra nem de longe as rabisqueiras com que o Kishimoto desenhava Naruto no começo.

  E então, mudando de núcleo:  AEAE Narutinho apareceu. Agora que os Jinchuurikis se foram, ele, Gai e Kakashi estão dando uns sopapos naquela estátua feia que ficava na sede da Akatsuki e onde estão aprisionados os outros 7 Bijuus. Naruto faz uma provocação ao tio da máscara, nem engraçadinha por sinal, e Kakashi o repreende por isso enquanto Gai grita “Isso, boa!” HUSHUAHUSHUAHUS Desculpem, mas eu achei graça da cena. Então o tio da máscara (que eu não aguento mais esperar pra saber quem é) decido reviver alguém e diz que apesar de querer trazer aquele ser em forma completa faze-lo “em parte” já será o suficiente. Enquanto isso aparecem uns quadros ao fundo daqueles dois irmãos que usavam uns instrumentos cabulosos. Seria essa pessoa que o mascarado vai reviver o dono original de tais instrumentos (eu não lembro exatamente o nome e posso estar falando merda, mas na minha vaga memória ele era um ninja f*dão, não era?).  E então voltamos ao Sasuke e sua trupe. Suigetsu repara em Kabuto e faz uma piadinha com aquela cobra saindo da barriga dele. Gente, retiro o que eu disse no primeiro parágrafo, esse capítulo serviu para rir, porque, olha, não esperava uma piadinha de duplo sentido em Naruto. Ou quem sabe nem foi essa a intenção e eu que vi coisa onde não tem, rs. A verdade é que eu gosto do Suigestu e acho ele um personagem engraçado, então é bom reve-lo em cena.  Juugo acha a Anko e a “resgata”. Olha, eu JURO que não lembrava que a Anko estava com o Kabuto e tomei um susto quando vi ela aí no meio. Achei muito estranho essa reaparição, mas puxando forte aqui na memória lembrei do Kabuto arrastando ela pra cima e pra baixo. Essa coitada só se f*de, né? Foi cobaia do Orochimaru, depois foi tentar parar o Orozão no Exame Chunin e quase acabou se matando, além de meter a kunai na própria mão, e agora isso. Trágico.  Sasuke fica sabendo por Juugo que Madara permaneceu vivo e recebe o pergaminho do Suigetsu. Ele lê o conteúdo (o qual ainda não foi revelado ao leitor, rs) diz “É isso…” e toma duas decisões. Na verdade ele decide que precisa encontrar duas pessoas: Orochimaru e “Aquele que não-deve-ser-nomeado sabe de tudo”. Sim minha gente, segundo Sasuke Orichimaru está vivo. ITS ALIVE. Não falei que Naruto de uma “Bleachzada” essa semana? Se bem que achava estranho aquela aberração ter morrido daquele jeito… Bom, assim termina um capítulo, com uma página dupla bem bonitona com os três núcleos que foram mostrados no capítulo, evidenciando ainda mais que o cap. 592 foi apenas uma “transição” para o que está por vir.

____________________________________________________________________

FIM 😀

E, para quem quiser, confiram aí a capa da Shonen Jump em que os capítulos comentados nesse post foram publicados. Destaque para Assassination Classrooom como estreia:

Anúncios

4 pensamentos sobre “Shonen Xtreme! [18] – Bleach (cap. 499), Naruto (cap. 592) & Assassination Classroom (1º capítulo)

  1. Pingback: [Shonen Streme!] Assassination Classroom 20 – Hora do Estudante Transferido | Xtreme Divider

  2. Pingback: [Shonen Xtreme!] Assassination Classroom 20 – Hora do Estudante Transferido | Xtreme Divider

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s